“Luz, quero luz. Sei que além das cortinas são palcos azuis…”

"Quando as pessoas adormecem é que as coisas acordam, no silêncio da paz recuperada." (Mário Quintana)
 
Tenho andado dormindo até de olhos abertos e, dentro de mim, um mundo de coisas acontece….
 
Desde pequena eu gosto de uma porção de coisas da Maria Bethânia. Acho que meu primeiro contato com a sua voz foi ao assistir aos Trapalhões (que eu adorava naquela época!!!) e ver o Didi vestido de Bethânia cantando ‘Terezinha’ e ‘sofrendo’ pelos seus homens imprestáveis..eheheh Certamente, quem é da minha geração e da anterior há de se lembrar deste quadro quase antológico dos Trapalhões. Ao longo dos anos ouvi uma ou outra coisa, na sua voz, porque em minha casa havia sempre música tocando: de quase tudo um pouco. No início da década de 80, caí de amores por Brincar de Viver… e aos 12, me via cantando, sem qualquer pudor, ‘O Meu Amor’…. Quem conhece a música sabe que não é exatamente algo que se espere ouvir de uma guria de 12 anos. Em todo caso, a culpa é do Chico.
Na verdade, gosto da Bethânia como intérprete, entretanto, para além disto, acredito que gosto ainda mais por culpa do Chico Buarque, do Guilherme Arantes, do Edu Lobo e, mais recentemente, por culpa do Roberto Mendes e da Ana Basbaum.
 
Este ano, me apaixonei por Noite de Estrelas, já tive oportunidade de mencionar aqui em outra ocasião e, de repente, me vi retirando da gaveta MARICOTINHA, que estava lá guardado há um par de anos, sem ter tido a minha verdadeira atenção. Na época em que o comprei, o fiz porque me recordo de ter lido uma crítica extremamente favorável ao ‘álbum’, elencando-o como um dos melhores trabalhos da cantora e fiquei curiosa. Depois, não sei porquê, acabei não dando atenção e ele se quedou na gaveta, inerte, por muitos e muitos dias.
 
Fico feliz em dizer que, neste caso, a crítica foi muito feliz: MARICOTINHA é um disco lindo, repleto de poesia. E assim, passou a ser uma das minhas companhias freqüentes. Para além do amor por ‘Noite de Estrelas’, adoro ‘A Moça do Sonho’ e ‘Primavera’.
 
Eu sempre gostei de Bethânia, desde de pequena, mas hoje, não sei se pela proximidade com os 40, se pelo momento que vivo, pela paz e serenidade que assomam a minha vida, digo, de modo rasgado, que este gostar virou amor.
 
Queria ter estado no show de ontem, em São Paulo.
 
 
 
   
     
 
 
About these ads
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para “Luz, quero luz. Sei que além das cortinas são palcos azuis…”

  1. Milton disse:

    Cássia, uma linda noite de natal para todos vocês e que em 2010 todos seus sonhos se realizembj

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s